O Deus do Trovão tem uma versão feminina que estreou nos quadrinhos em 2015, sendo Jane Foster a pessoa digna de empunhar o Mjolnir.

Agora de acordo com o presidente do estúdio da Marvel, Kevin Feige, deu a possibilidade de que a personagem ainda possa ser representada no universo cinematográfico e que essa ideia não foi descartada. “Sempre olhamos as HQs para conseguir algumas ideias… às vezes narrativas bem específicas como Guerra Civil, às vezes só personagens como em Planeta Hulk” disse ele em entrevista para o site Movie. “Então qualquer coisa que aconteça nos quadrinhos, até mesmo uma Thor feminina, tem um grande potencial e servem como ideias para os futuros filmes que podem chegar.”

Fica a dúvida se Natalie Portman que vive a personagem no cinema, assumirá o papel da heroína.

 

Mas enquanto isso o mais novo filme do Deus do Trovão está próximo de sua data de estreia, Thor: Ragnarok chega dia 26 de outubro nos cinemas.

No filme da Marvel Studios, “Thor: Ragnarok”, Thor é preso do outro lado do universo, sem o seu martelo poderoso e encontra-se numa corrida contra o tempo para voltar a Asgard e impedir Ragnarok – a destruição do seu mundo e o fim da civilização Asgardiana -, que se encontra nas mãos de uma nova e poderosa ameaça, a implacável Hela. Mas, primeiro precisa de sobreviver a uma luta mortal de gladiadores, que o coloca contra um ex-aliado e companheiro Vingador – Hulk.