Nesta quarta-feira (20/06/18) o Instagram anunciou o lançamento da mais nova plataforma de vídeos, o IGTV que basicamente é uma plataforma de vídeos verticais, tipo o YouTube.
A novidade suporta vídeos em até 4K com duração de 1 hora. Os vídeos são postados por upload da galeria, por isso possibilita que vídeos editados em programas profissionais de edição sejam postados na nova plataforma.

Até então, o Instagram apenas aceitava vídeos com duração de 60 segundos e essa novidade foi uma maravilha para os usuários da plataforma, porém, a novidade traz uma nova perspectiva ao “mercado”, os vídeos verticais, que tem se tornado febre em aplicativos já famosos como o Musical.ly e o Vigo Vídeo, mas esses aplicativos atendem apenas um nicho de usuários o que provavelmente fez a moda não pegar e também esses apps são divulgados como plataformas para fazer exibição online com vídeos super editados e cheios de efeitos, o que a primeira vista está sendo o diferencial do IGTV.

A princípio, os mais empolgados com a nova plataforma veem o IGTV como uma possível alternativa ao YouTube sendo, no futuro, uma plataforma onde criadores de conteúdo migrarão do YouTube para o IGTV.

É fato que o YouTube passa por problemas com seus usuários. Após a implantação do bot que faz a desmonetização dos vídeos, o número de youtubers insatisfeitos com a Google aumentou de forma assustadora, já que o bot não funciona corretamente e desmonetiza vídeos que estão dentro dos parâmetros impostos pela plataforma, além dos terríveis bugs e problemas que o YouTube já tinha antes disso. Então com essa má fase que o YouTube passa no momento, é provável que um concorrente a altura seja o suficiente para deixar a Google se coçando.

Faça download do IGTV para Android e IOS.


Notas do autor:
Acredito que, se o Instagram souber aproveitar essa nova plataforma, é possível sim, que atuais youtubers que tem um conteúdo mais descontraído e menos trabalhado migrem para o IGTV, é possível também que, o Instagram lance a nova moda do futuro onde vídeos na horizontal fiquem na sarjeta e os vídeos na vertical sejam a nova febre. Mas isso vai depender de como o Instagram vai trabalhar essa plataforma, qual é o real objetivo e a velocidade com que isso será desenvolvido. Caso contrário, o IGTV se tornará mais um app como o Musical.ly e outros.